O policial militar Ezequiel Ferreira matou a tiros o empresário e açougueiro Flávio Fernandes, de 38 anos, e depois cometeu suicídio na noite de ontem, no município de Ivinhema. Os fatos ocorreram na Casa de Carne Costelão & Cia, no Bairro Guiray.

Policial era lotado em Novo Horizonte do Sul. – Foto: Divulgação

 

A Polícia Civil investiga o caso e, de acordo com o site Ivi Notícias, o crime teria sido motivado por uma discussão relacionada a espetinhos. A PM teria sido acionada por testemunhas que informavam sobre uma briga no local.

No entanto, quando os policiais chegavam, Ezequiel sacou sua arma e atirou seis vezes contra Flávio, atingindo-o no olho, nuca, ombro, barriga, virilha e nas costas. Em seguida, o policial fugiu, mas foi encontrado caído morto nas proximidades, ao lado de seu carro.

A suspeita é de que após ter matado Flávio, tenha cometido suicídio. O empresário chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu. Ezequiel morava em Ivinhema, mas estava lotado na cidade de Novo Horizonte do Sul.

 

Correio do Estado

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SUICÍDIO

Checar também

Acolha a Vida: Luiza Brunet estrela campanha de combate ao suicídio e automutilação, assista o vídeo

A ex-modelo Luiza Brunet foi convidada pela ministra Damares Alves, do Ministério da Mulhe…