A ex-modelo Luiza Brunet foi convidada pela ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos para estrelar uma campanha de combate ao suicídio e automutilação chamada “Acolha a Vida”.

O alerta feito no vídeo, publicado no canal do Ministério no Youtube, é que “atrás de uma rotina aparentemente normal, pode haver um profundo sentimento capaz de levar a pessoa a cometer violência contra seu próprio corpo”.

Luiza, que hoje é empresária e ativista, não recebeu cachê para fazer o vídeo. Em suas redes sociais, ela reforçou o objetivo da campanha: ” Faço um chamamento a todas as famílias na prevenção ao suicídio e à automutilação. Vamos proteger nossas crianças”, escreveu.

 

PRIME GOSPEL

 

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SUICÍDIO

Checar também

Caminhoneiro abandona veículo em estrada de MS, tenta suicídio, mas é salvo pela PM

Caminhoneiro tentou cometer suicídio próximo a uma via rural conhecida como Morro da Balan…