Vítima disse que se sentia despedaçada e queria acabar com a dor

Mulher de 33 anos está desaparecida deste a noite de sexta-feira em Anastácio. Moradora no Conjunto Habitacional Assui, ela saiu de casa após suposto desentendimento com o filho de 17 anos, e deixou uma mensagem nas redes sociais dizendo que estava se sentindo “despedaçada” e que pensava em por fim à sua dor.

Segundo boletim de ocorrência relatado pelos familiares, a mãe dela, ao chegar na residência, encontrou a casa toda revirada, com cadeira e televisão quebradas. Enquanto ela estava no local, o neto chegou agindo de forma estranha, dizendo não saber nada sobre a mãe e foi embora.

Vizinhos relataram terem ouvido séria discussão entre mãe e filho. A vítima saiu com seu veículo modelo Celta, levando a filha de dois anos e dez meses, não sendo mais vista desde então. A Polícia Civil investiga o caso.

O Pantaneiro

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Sem categoria

Checar também

Fotógrafo Roberto Higa que perdeu voo por atraso, escapou da maior tragédia aérea de MS

Foi por poucos minutos que o fotógrafo Roberto Higa de 67 anos, não entra para a lista da …