Vítima disse que se sentia despedaçada e queria acabar com a dor

Mulher de 33 anos está desaparecida deste a noite de sexta-feira em Anastácio. Moradora no Conjunto Habitacional Assui, ela saiu de casa após suposto desentendimento com o filho de 17 anos, e deixou uma mensagem nas redes sociais dizendo que estava se sentindo “despedaçada” e que pensava em por fim à sua dor.

Segundo boletim de ocorrência relatado pelos familiares, a mãe dela, ao chegar na residência, encontrou a casa toda revirada, com cadeira e televisão quebradas. Enquanto ela estava no local, o neto chegou agindo de forma estranha, dizendo não saber nada sobre a mãe e foi embora.

Vizinhos relataram terem ouvido séria discussão entre mãe e filho. A vítima saiu com seu veículo modelo Celta, levando a filha de dois anos e dez meses, não sendo mais vista desde então. A Polícia Civil investiga o caso.

O Pantaneiro

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Sem categoria

Checar também

Novo presidente do TC/MS quer dar continuidade ao trabalho do conselheiro Waldir Neves

Após a posse, Iran afirmou que pretende dar continuidade ao trabalho realizado pelo seu an…