A Câmara Municipal de Aquidauana aprovou em unanimidade no mês passado, Projeto de Lei que institui a Semana do Transtorno do Espectro Autista. O objetivo será a realização de palestras de conscientização, oficinas e debates sobre o tema em toda primeira semana de abril. A iniciativa é resultado da força de mães de crianças, jovens e adultos autistas da região que, em busca de mais amparo para os filhos, provocaram as autoridades e sugeriram medidas de antedimento.

Segundo Adriana Ferreira da Silva Duarte, mãe do garoto Arthur, de 10 anos, a Lei vai auxiliar na divulgação, diagnóstico e tratamento do transtorno do espectro autista. “Vai ser uma semana voltada para discutir o assunto com encontros, workshops, palestras e cursos, voltados para pais, médicos e população em geral, que têm interesse em saber mais sobre o autismo e suas formas de tratamento”, disse.

A conquista é reflexo da união das mães e dos pais, somando grupo com total de 18 pessoas. “O grupo surgiu da necessidade de se lutar pelos direitos dos autistas em Aquidauana e Anastácio. Nossos filhos não têm muito atendimento. Quando a gente precisa tratar, infelizmente temos que custear e o preço é alto. Quem tem condições faz, mas quem não tem fica à mercê da abertura de vagas”, disse.

Justamente por este motivo, os pais se reuniram e conseguiram formar uma aliança em busca de mais condições. “Estamos juntos desde o início do ano e a iniciativa veio através de outro grupo de Campo Grande, pois lá eles são bem fortes. Aí, através disso a gente conseguiu se unir e fundar uma associação em Aquidauana”, pontuou Adriana, lembrando que eles têm debatido amplamente o assunto com autoridades do município.

“Estamos conseguindo junto com a Secretaria de Saúde, que se dispôs a nos receber, discutir tratamentos e terapias. A gente está em processo de conversa com eles e outros profissionais da rede pública, para que possamos dar melhores condições a estas crianças, jovens e adultos. Sabemos que as coisas não vão acontecer de uma hora para outra, mas o grupo está bastante ativo”.

O Pantaneiro

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Sem categoria

Checar também

PM prendem 20 policiais por suspeita de corrupção em MS

Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e a Corregedoria da Pol…