Com 300 mil doses já entregues pelo Ministério da Saúde, Mato Grosso do Sul abriu oficialmente, na semana passada (23.4), a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

A meta é vacinar pelo menos 90% do público-alvo, o que representa 663.656 pessoas em Mato Grosso do Sul. Para o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Coimbra, que participou da abertura da campanha realizada no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), a imunização desse quantitativo vai depender da “consciência do grupo de risco”.

“As pessoas precisam se conscientizar, cuidar mais da saúde e se vacinar. O público alvo são aquelas pessoas mais vulneráveis e que precisam estar atentas a essa gripe”, afirmou.

O Estado recebeu 430 mil doses. Ao todo, serão enviadas 811 mil doses da vacina, quantidade mais do que suficiente para imunizar o público-alvo do Estado, conforme explicou o secretário da SES.

Público-alvo

Fazem parte do público-alvo 737.395 pessoas e, de acordo com o escalonamento da entrega da vacina feito pelo Ministério da Saúde, o início da campanha deve ser para os grupos prioritários que são:

  • profissionais da saúde
  • crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias);
  • gestantes, puérperas;
  • professores.

A partir do dia 12 de maio a vacinação será estendida para:

  • indivíduos com 60 anos ou mais.

Para os demais grupos, a campanha estará disponível a partir do dia 21 de maio:

  • povos indígenas;
  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional;
  • pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independente da idade.

A campanha da vacinação vai até o dia 1° de junho, sendo 12 de maio o Dia de Mobilização Nacional – Dia D. A SES é responsável pela distribuição e orientação aos municípios.

Luciana Brazil – Secretaria de Estado de Saúde (SES)

Foto: Edemir Rodrigues

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Saude

Checar também

Casal morre na mesma UTI em SP após 50 anos juntos

Não se sabe exatamente como Wilson e Inês se conheceram. Ambos trabalhavam na região pauli…