Durante mandado de busca e apreensão, 88,6 kg de carne imprópria para consumo foram descartados

 No local foi apreendida a quantia de R$ 1.650, uma máquina de moer carne e muitos materiais usados para os cortes e pesagem. (Foto: Yvinara Dias)
No local foi apreendida a quantia de R$ 1.650, uma máquina de moer carne e muitos materiais usados para os cortes e pesagem. (Foto: Yvinara Dias)

 

Ação da Agência Local de Inteligência da Polícia Militar e Vigilância Sanitária fechou um açougue clandestino nesta sexta-feira (7) que funcionava em residência da Vila São Pedro, em Aquidauana, a 135 km de Campo Grande. No local, policiais localizaram até ovos de moscas congelados em meio à carne.

Conforme o registro policial, os policiais cumpriam um mandado de busca e apreensão. No local, 88,6 quilos de carne foram descartados, pois estavam misturadas até com ovos de moscas congelados.

Questionado sobre a procedência da carne, Edmilson dos Santos Carpes, de 45 anos, alegou que comprou de assentamentos e aldeias, mas não apresentou nota fiscal. À polícia, o proprietário afirmou que vendeu R$ 400 de carne a clientes, um dia antes da fiscalização.

No local foi apreendida a quantia de R$ 1.650 em várias notas, uma máquina de moer carne, ainda com restos, duas balanças, serrote sujo de carne, quatro facas de açougue, três chairas, duas luvas de aço, embalagens plásticas para pesagem, talha para suspender carne, varão com dois ganchos, ganchos grandes, caderno de notas, promissórias e bacia de aço.

Uma advogada acompanhou o procedimento da vigilância sanitária que notificou o responsável, lacrou o freezer e recolheu a carne.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SAÚDE

Checar também

Hemosul pede com urgência doações de sangue O positivo e O negativo

O Hemosul Coordenador, na Capital, está em alerta com os estoques de sangue O- (O negativo…