Mais uma morte em decorrência de gripe foi confirmada no município de Aquidauana, de acordo com o novo boletim epidemiológico da Influenza, divulgado nesta quinta-feira (04).

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou que a vítima mais recente em Aquidauana foi uma idosa, 62 anos, que morreu no último domingo (30), acometida pela influenza A (H1N1).

O caso dela se junta ao de um homem, 33 anos, que morreu no dia 30 de abril, e ao de outra mulher, 45 anos, que faleceu no dia 12 de junho. Ambos também são de Aquidauana e foram vítimas da influenza A (H1N1).

Com relação aos dados estaduais, Mato Grosso do Sul registrou mais quatro mortes em comparação ao boletim anterior, do dia 26 de junho. Além da idosa de Aquidauana, foram confirmados três óbitos em Campo Grande, elevando para 30 o número de casos fatais de gripe no Estado, desde janeiro até agora.

O maior número de mortes ocorreu em Campo Grande, com 10 óbitos confirmados. Na sequência, aparecem Três Lagoas, com seis mortes, e Corumbá e Aquidauana, ambos os municípios com três mortes em decorrência de gripe.

De acordo com a SES, 27 mortes foram por contaminação com o vírus H1N1, uma pelo vírus H3N2 e duas por um subtipo não identificado. No ano passado, para efeito de comparação, a gripe foi a causa do falecimento de 33 pessoas em Mato Grosso do Sul.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SAÚDE

Checar também

Bebê de 10 meses é o segundo caso confirmado de sarampo em Mato Grosso do Sul

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou nesta segunda-feira (9) o segundo caso de s…