Larissa Carla Martinelli, 31 anos, morreu durante a madrugada deste sábado (13), após passar mal em uma tabacaria. Ele tinha ingerido cervejas long neck e fumado narguilé no local. As informações são do Campo Grande News.

Conforme o portal, consta em boletim de ocorrência que uma amiga, 24 anos, estava junto com Larissa. Ela relatou à polícia que a vítima sofria de pressão alta e precisava usar medicamento controlado. As duas ouviam música e bebiam na tabacaria, onde, em determinado momento, Larissa encostou o rosto no ombro da amiga, queixou-se de tontura, caiu e passou a espumar pela boca.

A equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada e ficou mais de uma hora com tentativas de manobras de reanimação, porém, sem resultado.

A amiga de Larissa explicou que, além de fumar narguilé, ela deve ter consumido cerca de sete garrafas de cerveja. Ainda negou o uso de drogas e acrescentou que a vítima já havia passado mal nas outras vezes que saíram para beber, mas melhorava depois de alguns minutos. Já a mãe de Larissa contou que um check-up realizado há duas semanas não constatou nada de anormal na filha.

O corpo da vítima foi encaminhado para exame necroscópico no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). A Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro registrou o caso como morte a esclarecer.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SAÚDE

Checar também

Ônibus do Grupo Onça Pintada terá exames gratuitos de prevenção ao câncer de mama em Aquidauana

Durante este sábado (13), Aquidauana vai receber o ônibus do Grupo Onça Pintada, que estar…