Moradores de Bela Vista denunciaram farmácias do município que vendiam doses da vacina contra o H1N1 por R$ 100. O problema é que as vacinas eram do SUS (Sistema Único de Saúde), ou seja, deveriam ser disponibilizadas gratuitamente.

Segundo informações apuradas pelo Midiamax, o caso começou em 18 de maio de 2016, quando dois homens procuraram farmácias de Bela Vista para serem imunizados com a última versão da vacina de H1N1. Os moradores fizeram a denúncia após rumores de que algumas farmácias estavam comercializando vacina de gripe comum como sendo da H1N1.

Uma ação foi instaurada pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). A Polícia Judiciária foi até os locais e constataram que a vacina era contra H1N1. Porém, eram medicamentos do SUS, ou seja, propriedade do Governo Federal.

Conforme a ação do MPMS, os acusados estavam “cientes da ilicitude e reprovabilidade de seus atos, comercializaram e distribuíram produto destinado a fins medicinais, sem registro, bem como de procedência ignorada e adquiridos em estabelecimento sem licença da autoridade sanitária competente”.

Fonte: O Pantaneiro

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SAÚDE

Checar também

Mortes aumentam e relatório recomenda lockdown por mais 7 dias em Aquidauana

Aquidauana tem ao todo 551 casos confirmados e 18 mortes por coronavírus Depois de uma sem…