O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, disse neste sábado (23), que a região sudoeste de Mato Grosso do Sul, área que concentra atualmente quase um quarto dos casos de covid-19 do estado, pode sofrer um lockdown completo.

Resende comentou que a medida extrema pode ser adotada em razão da baixa adesão da população local, mesmo as pessoas contaminadas com o coronavírus, ao isolamento social, e ao crescente número de casos.

Lookdown - Levianth - LETRAS.MUS.BR

Juntos, os quatro municípios da região que tem ocorrência da doença: Guia Lopes da Laguna (144), Jardim (30), Bonito (30) e Bela Vista (2), têm 206 casos, isso representa 24%, quase um quarto, dos 858 registros de covid-19 do estado (dados até a manhã deste sábado – 23).

Neste sábado, dos 53 novos casos contabilizados em Mato Grosso do Sul, 39, o que representa 73,5%, foram registrados na região: 23 em Guia Lopes da Laguna, 13 em Bonito e 3 em Jardim.

O secretário diz que conversa com os municípios sobre a situação e adverte que medidas mais rígidas serão adotadas.

“Temos feito reuniões diárias a cerca desse foco de covid-19 na região e vamos adotar, se necessário for, até medidas de força, para obrigar a população de Guia Lopes da Laguna a respeitar as recomendações da área de saúde. Não dá para você verificar funerais, velórios proibidos, que pessoas de Guia Lopes da Laguna saiam da cidade para participar desses velórios em outras cidades”, lamentou.

Resende diz que mesmo com a região enfrentando um surto da doença, muitas pessoas ainda agem como se nada estivesse ocorrendo.

“Não dá para ficar tendo as informações de que essas pessoas, mesmo positivadas, continuem a fazer uso de um hábito muito comum na região, que é o hábito do tereré. Não dá para você ter as informações de que as pessoas continuam a transitar como se nada acontecesse. E está acontecendo. Nós estamos trazendo aqui números que nos indicam, que Guia Lopes da Laguna, e a região, pode ultrapassar a nossa capital. E olha que a cidade tem apenas 10 mil habitantes”, alertou.

O secretário municipal de Saúde de Guia Lopes da Laguna, Marcelo Gonçalves, admite que o respeito ao isolamento tem sido o maior obstáculo no enfrentamento ao surto de covid-19.

Lockdown - O que fazer com os meus estoques? | Mercado&Consumo

“Essa é a nossa maior dificuldade. Que a população entenda, que quando a pessoa está com o vírus ela não pode sair de casa. Está difícil de conseguir controlar. Graças a Deus, na maior parte dos casos aqui as pessoas não estão sentido nada e, por engano, acreditam que não estão com o vírus. Então, acabam saindo, tendo uma vida normal e acabam contaminando outras pessoas”, explicou.

Em razão dessa situação, o secretário estadual de Saúde antecipa que novas medidas para controlar o avanço da covid-19 no sudoeste de Mato Grosso do Sul devem ser anunciadas no começo da próximo semana.

“Nós estamos discutindo, e certamente, esse final de semana, início da semana, haveremos, de comum acordo com as administrações municipais, adotarmos medidas mais rigorosas, que podem levar ao lockdow completo da região”, sentencia.

G1/MS

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em SAÚDE

Checar também

Moradores denunciam farmácias que vendiam vacina do SUS em Bela Vista

Moradores de Bela Vista denunciaram farmácias do município que vendiam doses da vacina con…