Proprietária de um bar de Bela Vista, município localizado na fronteira com o Paraguai, distante 231 quilômetros de Aquidauana, foi presa em flagrante após a PM (Polícia Militar) apurar que ela prostituía uma adolescente, 14 anos, dentro do estabelecimento. As informações são do Correio do Estado.

Segundo o portal, o caso ocorreu no último domingo (14), mas o desdobramento foi revelado apenas na tarde desta terça-feira (16). A mulher tentou fugir ao perceber a aproximação dos policiais militares. A menor foi encontrada escondida embaixo de um tanque.

Em depoimento, a comerciante relatou que estava dando moradia para a adolescente, que não queria ir embora. No entanto, uma testemunha relatou que cada programa da menina custava R$ 10,00. Não há informações sobre o local onde moram os pais da menor.

Os PMs apresentaram a mulher na delegacia de Bela Vista. Ela pode responder pelo crime de submeter criança ou adolescente à prostituição, o qual está no artigo 244 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê pena de quatro a 10 anos de prisão. A adolescente ficou sob responsabilidade do Conselho Tutelar. (*Foto: comerciante foi presa no último domingo – Ilustrativa)

Fonte: Expresso MS

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em PROSTITUIÇÃO