Com os ajustes e detalhes que faltavam no texto final, o Projeto do PDV (Plano de Demissão Voluntária) chegou à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na manhã desta terça-feira (19). O documento foi entregue aos deputados e uma reunião ocorre a portas fechadas entre secretários e parlamentares.

O secretário de Governo, Eduardo Riedel, o secretário de Administração Roberto Hashioka e o secretário especial de articulação política do Governo, Sergio de Paula foram, pessoalmente, entregar a proposta aos parlamentares. Uma cópia do projeto foi entregue diretamente ao presidente da Casa, o deputado Paulo Correa.

O secretariado abrirá espaço para que os deputados tirem dúvidas. A reunião será fechada e ao fim, os secretários Riedel e Hashioka darão entrevista à imprensa.

A proposta deve ser aprovada com tranquilidade já que a maioria dos deputados adiantou apoio ao projeto voluntário ao servidor público.

A única critica que o projeto recebeu foi do deputado Cabo Almi que chegou a dizer que o proposta vinha ligada às jornadas fixa de 8h aos servidores, o que não acontecerá já que a mudança só ocorrerá em junho.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em POLÍTICA

Checar também

VEREADOR QUER LAJOTAS OU CALÇADAS DA LATERAL DA ERSO GOMES AO POLIESPORTIVO

A instalação de lajotas ou construção de calçada de concreto com acessibilidade, na latera…