Caso de violência contra a mulher foi registrado na Delegacia de Polícia de Aquidauana. Por volta das 16h20, um homem de 19 anos mantinha um relacionamento de 5 meses com uma mulher de 29. Após ingerir bebidas alcoólicas em uma confraternização de família, em residência localizada na Rua Maria Cecilia Arruda, Bairro Eliane, em determinado momento o namorado informou que iria embora.

A vítima disse que também deixaria a confraternização em direção à casa da irmã. Descontrolado, o namorado partiu para a agressão contra a mulher e passou a enforca-la com as duas mãos. Ela, com as duas mãos do namorado sobre seu pescoço, e temendo por sua vida, disse que não o denunciaria, após a ameaça do namorado de que se acionasse a Polícia, iria matá-la.

Conforme as informações do boletim de ocorrência, o agressor tirou a camisa e a arrastou para o quarto, dizendo que queria fazer sexo com a vítima. Ela recusou e rebateu que se ele a forçasse, seria estupro.

O agressor permaneceu na casa durante cerca de uma hora e meia e não deixava a vítima sair do local, nem pegar no telefone. Logo após, o namorado da vítima pulou o muro da casa e, com as chaves do carro da mulher, um Fiat Uno, fugiu do local.

A mulher então compareceu à Delegacia de Polícia da cidade com vermelhidão no pescoço e um hematoma na perna direita. Ela disse aos policiais que deseja representar contra o agora ex-namorado e pediu medida protetiva com urgência. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e ameaça e segue para investigação da PC.

Fonte: O Pantaneiro

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Policial

Checar também

Casal é preso em Anastácio por receptação de carro roubado de locadora

Um Renault Duster, conduzido por um homem de 34 anos, acompanhado da mulher de 31, foi abo…