Sintomas de intoxicação como dor de barriga, febre, cansaço, falta de ar, dores no peito e vômito verificados em moradores de Comunidade Indígena Guyraroka, localizada no município de Caarapó, distante 267 quilômetros de Campo Grande, depois de pulverização da agrotóxico na região, levaram o MPF (Ministério Público Federal), em Dourados, a instaurar inquérito para apurar o caso. Conforme relato dos guarani kaiowá, vestígios do veneno foram encontrados até mesmo na merenda escolar das crianças que também passaram mal.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em POLÍCIA

Checar também

PM de Aquidauana participa do desfile cívico alusivo ao dia 7 setembro

Na manhã de sábado, 07.09 a Policia Militar de Aquidauana participou do desfile de 7 de se…