Caminhoneiro passou por momentos de tensão depois de ser vítima do golpe do falso frete, colocado em cativeiro e ficar refém de bandidos por 13 horas, nesta quinta-feira (08), em Corumbá, município distante 294 quilômetros de Aquidauana. As informações são do Mídia Max.

Segundo o portal, a vítima, 36 anos, relatou que havia feito uma entrega na cidade de Miranda, na última quarta-feira (07). Para não voltar com o caminhão vazio e conseguir levantar um dinheiro extra, decidiu procurar anúncios em um site chamado Fretebras.

Após encontrar uma chamada de frete para a cidade de Corumbá, aos mesmos moldes da entrega que tinha realizado em Miranda, o caminhoneiro topou o serviço e combinou com o suposto cliente. No entanto, ao chegar ao local, o homem com quem havia conversado avisou que a carga estava em outra localidade.

Quando ambos entraram no caminhão, o falso cliente anunciou o assalto e apontou um revólver para a vítima, que foi levada para um cativeiro, onde foi amarrada e teve uma toalha colocada na cabeça. O caminhoneiro afirmou que ao menos três bandidos se encontravam no local.

Ele ficou cerca de 13 horas em cativeiro, até ser liberado pelos criminosos. Na delegacia de Corumbá, os policiais verificaram, através do rastreador, que o caminhão da vítima tinha passado pela fronteira com a Bolívia. Até o fechamento desta matéria, não havia sido informado se o veículo foi recuperado.

 

(*Foto: caminhoneiro disse ter sido amarrado pelos criminosos – Ilustrativa)

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em POLÍCIA

Checar também

Filho de 22 anos ameaça pai que negou dinheiro de mesada em MS: ‘Vou voltar aqui com uma pistola’

O pai de um jovem de 22 anos registrou boletim de ocorrência em Campo Grande (MS) contra o…