Apesar de estarem nessa pré-campanha em lados opostos, o PSDB e o MDB podem retomar uma antiga parceria em Mato Grosso do Sul. Durante agenda pública na manhã desta quarta-feira (2), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que seu partido está conversando com a sigla do ex-governador André Puccinelli.

“O PSDB já está conversando com MDB. A gente conversa com todo mundo. Não fazemos restrições a nenhum tipo de conversa”, afirmou Azambuja.

De acordo com Reinaldo, lideranças dos dois partidos, que estão juntos em base aliada na Assembleia Legislativa, mantém conversações, que podem resultar, segundo o tucano, num “encaminhamento da chapa majoritária para as eleições de 2018”.

O tucano destacou que algumas alianças nacionais na chapa para Presidente da República podem se reproduzir em Mato Grosso do Sul.

Como o presidente Michel Temer (MDB) ainda não definiu se disputará a reeleição, há dentro do partido alguns nomes que defendem uma aliança com o presidenciável tucano, o ex-governador paulista Geraldo Alckmin, caso o partido não consiga apresentar um quadro com força política suficiente para disputa do pleito.

Para Azambuja, a ‘verticalização’ das alianças na chapa para presidente não é obrigatória nos Estados, mas apenas uma ‘tendência’. Todavia, o governador destacou que toda conversa com vistas às eleições gerais está sendo conduzida pelo partido.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Parrtidos Políticos