Giuliano Valandro Teodoro, 11 anos, desapareceu na manhã desta segunda-feira (21) na região próxima ao Museu José Antônio Pereira, na Avenida Guaicurus, em Campo Grande. Até por volta das 18h40 a família dele não tinha informações do estudante da 7ª série da Escola Municipal Plínio Barbosa.

A mãe do garoto, Erika Fernandes, de 32 anos, registrou boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) no meio da tarde. “É pouco provável que ele tenha fugido de casa. Temos um bom relacionamento, ele sempre cumpriu os horários, seja na escola ou no projeto (de judô) e também não houve desentendimento na família”, contou a mulher em boletim de ocorrência.

O estudante tinha ido ao judô no projeto Anália Franco Timbolão com um amigo, de 12 anos. Eles retornavam do local, quando por volta das 10h40 separaram-se. Conforme o pré-adolescente que estava com Giuliano, o menino pretendia ir ao museu e por isso não seguiram juntos. Por conta dessa situação, o menino de 12 anos decidiu comunicar Erika sobre a situação.

A família do menino já fez buscas pelas redondezas, bem como em várias ruas no Jardim Sumatra, bairro onde eles residem, mas não houve pistas. A reportagem tentou contato com a Polícia Civil que investiga o caso, mas até a publicação desta matéria ainda não havia informações dessa apuração.

Giuliano trajava calça de abrigo azul, camiseta laranjada, casaco vermelho e mochila preta. Qualquer informação pode ser repassada pelo telefone 190 ou o 100. A delegacia que acompanha o caso atende no número 67 3323-2500. As unidades da Polícia Civil de plantão são 67 3312-5700 e 3323-6700.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Menino de 11 anos vai ao judô e desaparece