Ribeirinha de 54 anos precisou ser resgatada de helicóptero depois de ser picada por uma cobra no fim da tarde desta quinta-feira (2), na região do Taquari, no Pantanal de Corumbá. Este é o segundo caso registrado na cidade neste ano.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o tempo estimado de barco da cidade até o ponto onde a vítima estava seria de em média de oito hora. Como o socorro precisava ser feito antes, militares foram até a propriedade rural em um helicóptero da corporação.

No local, encontraram a ribeirinha com um ferimento na perna e reclamando de fortes dores na região da picada. Moradores disseram que a mulher havia sido atacada pela cobra Jararaca-Cruzeira,  popularmente chamada de ‘Boca de Sapo’.

A vítima foi resgatada e encaminhada para o Pronto Socorro de Corumbá onde recebeu atendimento médico.

Cuidados
Caso uma cobra peçonhenta seja encontrada dentro ou próximo de casa, a recomendação é evitar qualquer tipo de tentativa de captura do animal.  É preciso chamar a Polícia Militar Ambiental (PMA), o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Risco maior
No verão a maior parte das serpentes peçonhentas entra no período reprodutivo e, por isso, esse tipo de animal começa a ser encontrado com mais frequência, aumentando o risco de acidentes.

[Fonte: Midiamax]

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Meio Ambiente

Checar também

Escorpião aparece em quarto de maternidade e assusta pais

Pais de recém-nascidos encontraram um escorpião na fresta da janela de um dos quartos da M…