Três pescadores, sendo dois deles sogro e genro de 30 e 53 anos, passaram foram resgatados na manhã deste sábado (23), no rio Paraguai-Mirim, no Pantanal de Mato Grosso do Sul, após terem enfrentado temporal e passado a noite com frio e perdidos.

Sogro e genro foram para o rio, em Corumbá, por volta das 4h (de MS) de sexta-feira (22). À noite, a família avisou ao Corpo de Bombeiros e Polícia Civil que eles ainda não tinha retornado e nem feito contato.

Bombeiros e policiais seguiram para o local, que fica a cerca de 40 minutos de barco da área urbana, e por volta das 10h encontraram sogro e genro e ainda um terceiro pescador.

De acordo com os bombeiros, os três estavam na barranca de uma das várias entradas do rio Paraguai-Mirim e passavam bem, mesmo depois de terem enfrentado temporal e frio.

Os pescadores contaram aos militares que durante a chuva e ventos fortes da tarde, seguiram para uma das entradas do rio para se abrigar e, na volta, se perderam por causa das mudanças no leito das águas.

Conforme os bombeiros, a região onde os pescadores se perderam é cheia de entupimentos e com várias entradas que dão acesso a córregos e corixos onde a correnteza muda de acordo com a velocidade do vento, por isso é fácil perder a orientação.

G1/MS

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Meio Ambiente

Checar também

Das 20 cidades mais secas no País, 7 estão em Mato Grosso do Sul

Para enfrentar o tempo seco, os cuidados incluem aumento na ingestão de água e umidificaçã…