O governador Reinaldo Azambuja, sancionou nesta sexta-feira (11) uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado que proíbe por cinco anos a captura, embarque, transporte, comercialização, processamento e a industrialização de dourado em Mato Grosso do Sul.

Está mantida a captura na modalidade “pesque-solte”, a de dourado em cativeiro e para consumo dos pescadores profissionais. A medida já é adotada desde 2011 em Corumbá, um dos principais centros pesqueiros do país.

O não cumprimento da lei pode resultar em multas, que variam de 100 a 1 mil Uferms (Unidade Fiscal de Referência), apreensão do produto e subproduto da pesca, interdição do estabelecimento, e também a suspensão de licença, autorização e registro.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Meio Ambiente

Checar também

Pela conservação de árvores, estudantes realizam ação em escola de Aquidauana

Estudantes da UFMS continuam levando o conhecimento produzido na Universidade para as esco…