Duas cobras peçonhentas foram encontradas por uma dona de casa embaixo da máquina de lavar na área de serviço da residência dela, no Bairro Mangabeira, em Coxim, município distante 270 quilômetros de Aquidauana, no início da tarde desta quinta-feira (31).

Conforme a PMA (Polícia Militar Ambiental), que foi acionada pela proprietária, as duas serpentes eram do gênero Bothrops, popularmente denominada jararaca, de duas espécies diferentes. Uma delas é conhecida como “boca de sapo”.

Os policiais militares ambientais capturaram as cobras e as colocaram em uma caixa de contenção. Como elas não apresentavam ferimentos, foram liberadas em seu habitat natural, distante da zona urbana de Coxim.

A boca de sapo é muito comum no Pantanal Sul-Mato-Grossense e possui coloração bege. Ela chega a atingir um metro e meio e seu veneno pode matar uma criança em questão de horas.

 

EXPRESSO (*Fotos: cobras encontradas por dona de casa em MS – Divulgação/PMA)

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Meio Ambiente

Checar também

Polícia Ambiental usa drones no combate à pesca predatória no rio Aquidauana

Equipes da Polícia Militar Ambiental estão fazendo uso de tecnologias em operações de moni…