Uma carreta transportando ilegalmente 120 m³ de carvão foi apreendida pela equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Taquarussu, em  Anastácio, na BR-262, no início da tarde desta quarta-feira (09). Os policiais militares ambientais realizavam fiscalização da Operação Padroeira do Brasil e, por volta das 12h40, abordaram o veículo Tractor, com uma carreta bitrem acoplada.

A equipe verificou que a carga, que saiu de Água Clara, estava sendo transportada sem o DOF (Documento de Origem Florestal). O carvão havia sido misturado com produto proveniente de madeira nativa e eucalipto, provavelmente, para burlar a fiscalização, pois na nota fiscal constava tudo como produto de eucalipto, situação que não configuraria necessidade do DOF.

O documento ambiental é exigido para o transporte e armazenamento de qualquer produto da flora nativa.

A PMA apresentou o veículo e a carga na Delegacia de Polícia Civil de Anastácio.

Os responsáveis terão de responder por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Meio Ambiente

Checar também

Turista é preso e autuado após capturar e matar dourado durante feriadão em Anastácio

Um turista paranaense foi preso e autuado após capturar e matar um peixe da espécie dourad…