Durante reunião com o diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Miranda, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) comentou sobre a necessidade de acelerar o início da reforma do Estádio Municipal Mário Pinto de Souza, o Noroeste, em Aquidauana. O representante do Governo do Estado garantiu que a praça esportiva deverá ficar totalmente pronta ainda neste ano, em encontro realizado na última quarta-feira (07) e que também contou com a presença do diretor-presidente da Fema (Fundação de Esporte do Município de Aquidauana), Plínio de Goes, do presidente do Aquidauanense, João Garcia, e do vice-presidente do time, Edilson Fernandes Leite, o Xandico.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), segundo Marcelo Miranda, já deu sinal positivo na liberação de verbas através da Fundesporte para iniciar as obras no estádio. O valor do convênio para a realização dos serviços de revitalização será de R$ 549 mil.

“Reinaldo já autorizou e vamos começar tão breve a reforma do Norusca”, disse o titular da Fundesporte.

Em 2019, o Aquidauanense foi vice-campeão sul-mato-grossense e assegurou vaga em três competições nacionais do próximo ano, a Copa do Brasil, a Copa Verde e a Série D do Campeonato Brasileiro. Em 2012, na Copa do Brasil, o estádio foi vistoriado por um engenheiro da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), mas acabou sendo vetado para a partida contra o Bahia de Feira de Santana, que precisou ser disputada em Dourados. Segundo Felipe, o Noroeste necessita de um conjunto de arquibancadas, troca do gramado, iluminação e reforma nos banheiros.

“O Aquidauanense está na Copa do Brasil e, para termos os jogos em casa, precisamos reformar o Norusca. Desta forma, contemplaremos todo o esporte de Aquidauana”, afirmou o deputado estadual.

O presidente do Azulão também lembrou das competições nacionais para salientar a importância da reforma no Estádio Municipal Mário Pinto de Souza.

“A importância é muita, nós vamos disputar a Copa do Brasil, o Brasileirão, a Copa Verde, e temos que arrumar o estádio. Caso contrário, não teremos condições de jogar em casa e fica mais caro o deslocamento para o torcedor. Agora, é correr atrás deste projeto o quanto antes, para dar tempo”, destacou o dirigente.

Noroeste na final do Campeonato Sul-Mato-Grossense deste ano – Divulgação/Aquidauanense F.C

O estádio se tornou pauta de conversa em abril deste ano, quando, além do Aquidauanense ter garantido vaga na final do Campeonato Sul-Mato-Grossense, a cidade recebeu o ginásio poliesportivo José Campelo, no Bairro Santa Terezinha, totalmente reestruturado, após ficar interditado por cinco anos.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em ESPORTE

Checar também

Fla tem Fluminense e Athletico-PR pela frente

Para variar o Flamengo vai contar com a força das arquibancadas no clássico contra o Flumi…