Após conquistar uma vitória emblemática diante do Água Santa-SP, que jogou com grande torcida a seu favor, o Aquidauanense manteve viva a chance de garantir classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O resultado deste domingo (06) deixou o Azulinho com três pontos na tabela, assim como a própria equipe do interior paulista. No entanto, a representação de Aquidauana está em terceiro lugar por ter zero gol de saldo, enquanto o Água Santa-SP soma saldo positivo de um gol e ocupa a segunda colocação.

O líder é o Atlético-MG, com seis pontos e saldo positivo de seis gols. Já o lanterna Jabobina-BA, mesmo sem pontuar, ainda tem chances matemáticas de avançar no Grupo 29, mas acumula sete gols negativos de saldo e teria uma enorme diferença a descontar.

Na última rodada, marcada para quinta-feira (10), o Aquidauanense terá pela frente o Jacobina-BA, às 12h30 (de MS). Em seguida, às 14h30 (de MS), Água Santa-SP e Atlético-MG fecham os jogos da primeira fase da chave. As partidas acontecem no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema. Os dois primeiros colocados avançam para a etapa seguinte da competição.

Cenário para a rodada final

Ao Galinho, que tem 100% de aproveitamento até o momento, um empate é suficiente para se classificar e, de quebra, garantir a liderança do Grupo 29. No caso do Aquidauanense, o cenário perfeito seria vencer o Jacobina-BA e torcer para que os mineiros assegurem ao menos a igualdade contra os paulistas, o que faria com que Atlético-MG e Azulinho se classificassem para a segunda fase. Caso empate diante dos baianos, o time de Aquidauana deverá torcer obrigatoriamente por um triunfo dos mineiros. A “vantagem” do Água Santa-SP será jogar já sabendo exatamente o resultado que precisa para avançar na chave, embora o adversário que enfrentará, naturalmente, seja muito mais complicado.

Há até mesmo uma remota chance de sul-mato-grossenses e paulistas se classificarem juntos caso vençam seus jogos, mas ambos precisariam de expressivas goleadas para tirarem a diferença de saldo que é favorável ao gigante mineiro, dono de uma das bases mais fortes do futebol brasileiro.

Em meio ao cenário de combinações, o técnico do Aquidauanense, Mauro Marino, pregou humildade após a vitória sobre o Água Santa. Com outras três participações à frente do Azulinho na Copa São Paulo, Mauro lembrou que não há nada decidido e que o time vai encarar o confronto diante dos baianos com a mesma humildade de todos os outros jogos. A sonhada classificação seria a segunda do Aquidauanense na história da competição de base mais importante do País, feito inédito na história do futebol sul-mato-grossense e que o Azulinho já conseguiu em 2014.

(*Fotos: Azulinho conseguiu grande vitória sobre o Água Santa – Divulgação/Água Santa)

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em ESPORTE

Checar também

MPE libera Noroeste e Aquidauanense treina forte para estreia neste sábado

Em semana de preparação para a estreia na Série A do Campeonato Sul-Mato-Grossense, o Aqui…