Após conquistar uma vitória emblemática diante do Água Santa-SP, que jogou com grande torcida a seu favor, o Aquidauanense manteve viva a chance de garantir classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O resultado deste domingo (06) deixou o Azulinho com três pontos na tabela, assim como a própria equipe do interior paulista. No entanto, a representação de Aquidauana está em terceiro lugar por ter zero gol de saldo, enquanto o Água Santa-SP soma saldo positivo de um gol e ocupa a segunda colocação.

O líder é o Atlético-MG, com seis pontos e saldo positivo de seis gols. Já o lanterna Jabobina-BA, mesmo sem pontuar, ainda tem chances matemáticas de avançar no Grupo 29, mas acumula sete gols negativos de saldo e teria uma enorme diferença a descontar.

Na última rodada, marcada para quinta-feira (10), o Aquidauanense terá pela frente o Jacobina-BA, às 12h30 (de MS). Em seguida, às 14h30 (de MS), Água Santa-SP e Atlético-MG fecham os jogos da primeira fase da chave. As partidas acontecem no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema. Os dois primeiros colocados avançam para a etapa seguinte da competição.

Cenário para a rodada final

Ao Galinho, que tem 100% de aproveitamento até o momento, um empate é suficiente para se classificar e, de quebra, garantir a liderança do Grupo 29. No caso do Aquidauanense, o cenário perfeito seria vencer o Jacobina-BA e torcer para que os mineiros assegurem ao menos a igualdade contra os paulistas, o que faria com que Atlético-MG e Azulinho se classificassem para a segunda fase. Caso empate diante dos baianos, o time de Aquidauana deverá torcer obrigatoriamente por um triunfo dos mineiros. A “vantagem” do Água Santa-SP será jogar já sabendo exatamente o resultado que precisa para avançar na chave, embora o adversário que enfrentará, naturalmente, seja muito mais complicado.

Há até mesmo uma remota chance de sul-mato-grossenses e paulistas se classificarem juntos caso vençam seus jogos, mas ambos precisariam de expressivas goleadas para tirarem a diferença de saldo que é favorável ao gigante mineiro, dono de uma das bases mais fortes do futebol brasileiro.

Em meio ao cenário de combinações, o técnico do Aquidauanense, Mauro Marino, pregou humildade após a vitória sobre o Água Santa. Com outras três participações à frente do Azulinho na Copa São Paulo, Mauro lembrou que não há nada decidido e que o time vai encarar o confronto diante dos baianos com a mesma humildade de todos os outros jogos. A sonhada classificação seria a segunda do Aquidauanense na história da competição de base mais importante do País, feito inédito na história do futebol sul-mato-grossense e que o Azulinho já conseguiu em 2014.

(*Fotos: Azulinho conseguiu grande vitória sobre o Água Santa – Divulgação/Água Santa)

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em ESPORTE

Checar também

Classificado “duas vezes”, Aquidauanense encerra primeira fase com ótimo desempenho contra líderes

Na semana passada, ao vencer o União/ABC por 2 a 0, o Aquidauanense atingiu 15 pontos e ga…