Em decorrência da falta de combustível para o transporte dos alunos, a Prefeitura de Anastácio informou que as aulas ficarão suspensas em quatro escolas da zona rural do município.

A medida é válida a partir de segunda-feira (28) e abrange as escolas do Quilômetro 21, Manoel Valério, São Manoel e Novo Progresso.

Ainda conforme o comunicado da Prefeitura de Anastácio, a situação das demais escolas será avaliada pela Secretaria Municipal de Educação durante a próxima semana.

A falta de combustível se trata de uma das consequências da greve nacional dos caminhoneiros, em andamento desde o último dia 21.

A Prefeitura de Aquidauana, cidade vizinha, também adotou medida semelhante para a Rede Municipal de Ensino, além de anunciar que outros serviços também foram afetados. Em ambas as cidades, a suspensão das aulas é por tempo indeterminado, até que a greve tenha uma resolução.

 

(*Foto: falta de combustível para os ônibus torna inviável a realização das aulas nas escolas da zona rural / Arquivo)

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em EDUCAÇÃO

Checar também

Abertas inscrições para 1.140 vagas em cursos de qualificação gratuitos no IFMS

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) abriu nesta segunda-feira (18) o processo…