O campus de Aquidauana do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) abriu chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios que serão utilizados no fornecimento de alimentação gratuita aos estudantes da unidade. O aviso da chamada foi publicado na edição da última segunda-feira (09) do DOU (Diário Oficial da União). A íntegra do documento está disponível na página eletrônica do campus de Aquidauana.

O edital é referente a gêneros da agricultura familiar, com compra através de dispensa de licitação. A chamada pública tem valor total de R$ 72.828,60. O recurso é proveniente da Assistência Estudantil do IFMS.

A participação é aberta a beneficiários que se enquadrem nas disposições da Lei nº 11.326/2006. Os interessados deverão apresentar a documentação para habilitação e proposta de venda no dia 23 de setembro, no campus do município, na Rua José Tadao Arima, 222, Bairro Ycaraí. A relação dos itens que serão adquiridos, as condições para participação, credenciamento e demais normas constam no edital da chamada pública.

De acordo com o IFMS, a iniciativa possibilitará a aquisição de itens que serão utilizados no fornecimento de alimentação escolar a discentes dos cursos técnicos e de graduação presenciais do campus, nos períodos matutino, vespertino e noturno, até o encerramento do semestre letivo. A previsão é de que a alimentação seja fornecida a partir do dia 07 de outubro e atenda 780 alunos.

A diretora de Administração da unidade, Alessandra Marques, explica que a seleção dos itens que serão adquiridos foi baseada na oferta local.

“Como grande parte dos nossos estudantes fica na instituição mais de um período consecutivo, sendo que alguns vêm de outros municípios, desde o início do ano avaliamos a melhor forma para viabilizar a alimentação. Dessa forma, fizemos a definição de acordo com as opções que tínhamos no mercado”, afirmou a diretora.

Os produtos adquiridos serão feitos à base de alimentos típicos da agricultura regional, como pequi, jatobá, bocaiuva e cumbaru, e da culinária local, como chipa. A primeira etapa da alimentação escolar no campus se baseará em alimentos embalados e prontos para o consumo. A ideia é que a partir da estruturação da cozinha da unidade, no próximo semestre, a oferta seja de alimentos preparados no próprio local. Para isso, deverão ser investidos R$ 79 mil, custeados pelo campus.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em EDUCAÇÃO

Checar também

Setembro Amarelo: eventos sobre saúde mental e prevenção ao suicídio

Com a implantação da Rede de Prevenção ao Suicídio e o desenvolvimento de programas de saú…