Volume de dinheiro emprestado para clientes do crédito consignado em folha aumentou quase R$ 132 milhões em Mato Grosso do Sul, entre março e junho deste ano, passando para R$ 5,71 bilhões, de acordo com dados do Sistema de Informação de Crédito (SFC) do Banco Central. Apesar do aumento no valor da carteira de crédito, o número de contratações na modalidade teve crescimento discreto: saiu de 834.452 para 838.268 operações, aumento de 0,45%. Na avaliação de empresas que atuam no setor em Campo Grande, a movimentação tem sido mantida principalmente pela portabilidade de crédito e demanda de novos aposentados.

De acordo com Neide Salentino dos Santos, supervisora de crédito da MS Cred, que trabalha exclusivamente com o consignado em folha, a portabilidade de compra de dívida e também as novas contratações aumentaram bastante, principalmente neste segundo semestre. A estimativa é de crescimento de 30% no volume total de operações contratualizadas neste ano pela empresa, em comparação com o mesmo período de 2017.

Entre os fatores que têm favorecido esse cenário, está a redução na taxa de juros da modalidade. “A gente trabalhava com 2,24% e a taxa foi para 1,9%”, informou.

Para o fim do ano, a expectativa também é positiva. “Nossa expectativa sempre é a melhor, em função da demanda por compras e também por viagens”, completou.

 

Fonte: Correio do Estado

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Economia

Checar também

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece 3 vagas de emprego nesta terça-feira

A Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece diversas vagas de trabalho. Confira as vagas a…