Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreenderam na noite desse sábado (22), por volta das 19h30, carreta acoplada a um reboque carregado com 10.740 toneladas de uma substância orgânica aparentando ser maconha. Foram presos o condutor da carreta e um casal que seguia em uma Saveiro branca e fazia o papel de batedores.

A apreensão ocorreu após a abordagem do policiamento para fiscalização na rodovia MS-134. O caminhão trafegava no sentido Nova Andradina ao Distrito de Casa Verde. O motorista da carreta de 44 anos, relatou que transportava milho e apresentou nota fiscal para comprovação.

Ao ser questionado se transportava algum ilícito juntamente com a carga, ele acabou confessando que transportava maconha, porém, não sabia a quantidade e que foi contratado para entregar a droga na cidade de Moji Guaçu (SP). Pelo transporte receberia a quantia de R$60 mil.

O motorista contou ainda que outros dois veículos realizaram o serviço de batedores, sendo um Celta e uma Saveiro Cross branca. Com essas informações, a equipe policial localizou a Saveiro com placas de Ponta Porã no sentido Distrito de Casa Verde, chegando na BR-267. O condutor e a passageira, que são casados, disseram que foram contratados para repassar informações sobre o policiamento na rodovia até Três Lagoas (MS), por esse serviço eles receberiam R$15 mil.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron) para os procedimentos legais.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em DROGAS

Checar também

Fabio Assunção troca Carnaval por retiro em aldeia indígena em busca da cura

Fabio Assunção resolveu fugir da folia durante o Carnaval. O ator foi para o Acre para par…