Minutos após divulgar 12 mortes por coronavírus em Mato Grosso do Sul só nesta tarde, a Secretaria de Saúde do Estado atualizou o relatório com mais 2 casos e a fatalidade trazida pela doença se traduz em 105 vítimas nesta quinta-feira. Outro sepultamento foi registrado em Campo Grande, 4 desde a manhã de hoje. Na Capital, 17 pessoas faleceram.

A 104ª e 105ª vítimas divulgadas agora são de Coxim e Campo Grande. Homem de 67 anos,s ofria de Doença cardiovascular crônica e diabetes. Início dos sintomas em 14 de junho. Estava internado desde 29 de junho.

A mulher da Capital morreu aos 50 anos. Ela sofria de Doença cardiovascular crônica, diabetes e asma. Início dos sintomas em 24 de junho. Estava internada em UTI desde 26 de junho. Faleceu em 28 de junho, mas o diagnóstico saiu nesta quinta.

O ritmo dos óbitos assusta. Ontem o boletim da SES trouxe 85 mortes, hoje são 20 a mais, quase  1 pessoa é sepultada aos dia vítima da covid-19. As mortes desta tarde são de pacientes entre 50 e 85 anos.

Até o boletim divulgado pela SES às 10h30 da manhã, o Estado contabilizava 91 óbitos. Mesmo sem estar no relatório, o Campo Grande News já havia noticiado as mortes de um agente da vigilância epidemiológica de Douradina, de 50 anos, e de uma mulher, de 55 anos, moradora de Corumbá. Ambos, sem comorbidades relatadas

Segundo a Secretaria, a 94º vítima é um homem de 78 anos, residente de Campo Grande. Ele tinha como agravantes doença cardiovascular crônica e doença neurológica crônica. Os primeiros sintomas da doença surgiram no dia 8 de junho, 4 dias depois já estava internado na UTI no Hospital Regional e morreu ontem (1).

Outra moradora de Campo Grande entra na estatística fatal da covid-19 como a 95ª vítima. A mulher de 66 anos tinha diabetes e estava internada desde 28 de junho, também no HR. Ela morreu no mesmo dia, mas a covid só foi confirmada ontem.

O 96º óbito ocorreu em Três Lagoas. Homem de 77 anos era hipertensoe estava em UTI desde 7 de junho, onde faleceu ontem.

A 104ª e 105ª vítimas divulgadas agora são de Coxim e Campo Grande. Homem de 67 anos,s ofria de Doença cardiovascular crônica e diabetes. Início dos sintomas em 14 de junho. Estava internado desde 29 de junho.

A mulher da Capital morreu aos 50 anos. Ela sofria de Doença cardiovascular crônica, diabetes e asma. Início dos sintomas em 24 de junho. Estava internada em UTI desde 26 de junho. Faleceu em 28 de junho, mas o diagnóstico saiu nesta quinta

O ritmo dos óbitos assusta. Ontem o boletim da SES trouxe 85 mortes, hoje são 20 a mais, quase  1 pessoa é sepultada aos dia vítima da covid-19. As mortes desta tarde são de pacientes entre 50 e 85 anos.

Até o boletim divulgado pela SES às 10h30 da manhã, o Estado contabilizava 91 óbitos. Mesmo sem estar no relatório, o Campo Grande News já havia noticiado as mortes de um agente da vigilância epidemiológica de Douradina, de 50 anos, e de uma mulher, de 55 anos, moradora de Corumbá. Ambos, sem comorbidades relatadas

Segundo a Secretaria, a 94º vítima é um homem de 78 anos, residente de Campo Grande. Ele tinha como agravantes doença cardiovascular crônica e doença neurológica crônica. Os primeiros sintomas da doença surgiram no dia 8 de junho, 4 dias depois já estava internado na UTI no Hospital Regional e morreu ontem (1).

Outra moradora de Campo Grande entra na estatística fatal da covid-19 como a 95ª vítima. A mulher de 66 anos tinha diabetes e estava internada desde 28 de junho, também no HR. Ela morreu no mesmo dia, mas a covid só foi confirmada ontem.

O 96º óbito ocorreu em Três Lagoas. Homem de 77 anos era hipertensão e estava em UTI desde 7 de junho, onde faleceu ontem.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em COVID-19

Checar também

Decreto altera toque de recolher e veta consumo de álcool

A prefeitura de Aquidauana divulgou nesta quinta-feira (06) novo decreto municipal que vis…