A semana começa com alerta de risco para baixa umidade relativa do ar, que pode chegar a preocupantes 12% até as 17h00 desta segunda-feira (16) e 10% na terça (17), em Mato Grosso do Sul. O aviso foi emitido pelo INMETRO (Instituto Nacional de Meteorologia) aos municípios da região leste, sul, sudeste, centro-norte e Pantanal.

Boletim meteorológico divulgado neste domingo (15) mostra que essa secura ocorre devido aos altos níveis atmosféricos no estado e a presença de um cavado – nome técnico que se dá a uma região na atmosfera onde ocorre uma ondulação do fluxo de ventos, com tendência à queda da pressão atmosférica.

Além disso, a falta de nebulosidade diminui as temperaturas da madrugada, já que as superfícies perdem mais calor.

Nesse período, aumentam os riscos para ocorrências de incêndios florestais e para problemas respiratórios, e sintomas como como ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

O ideal para o ser humano, conforme OMS (Organização Mundial de Saúde), é acima de 60%.
Nos próximos dias prevalece o tempo firme e seco. Até a quinta-feira (19), as temperaturas oscilam entre 14ºC e 35ºC, podendo a umidade relativa do ar atingir 10% na terça (17).

Em Campo Grande, termômetros variam entre 18ºC e 33ºC, nesse período, com umidade relativa chegando a 30%.

No Pantanal, a partir de terça-feira, a nebulosidade e a umidade estarão maiores, por conta do jato de baixos níveis que transporta calor e umidade da região Amazônica.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em Clima

Checar também

Risco de temporais aumenta em Mato Grosso do Sul

.O risco de temporais aumenta por todo o estado, mas os maiores volumes deverão ser observ…