Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber a partir da próxima segunda-feira (25) a segunda parcela do abono anual, conhecido como 13º salário. A medida já antecipada no mês passado, faz parte das ações do governo federal para enfrentar a crise causada pela disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

No Mato Grosso do Sul serão emitidos 399.847 créditos, no valor bruto de R$ 703.985.777,08. Desse total, 309.447 créditos são os que vão receber o 13º, cuja parcela alcança R$ 217.436.675,78 milhões.

O Estado tem, atualmente, 397,148 mil segurados que recebem algum tipo de benefício. Do total, 86.060 são beneficiários assistenciais e não recebem o abono.

O calendário de pagamentos seguirá a mesma ordem dos depósitos mensais de aposentadorias, pensões e auxílios. Os que ganham um salário mínimo começam a receber primeiro a partir do dia 25 de maio até o dia 5 do mês que vem. Para beneficiários que ganham acima do piso, os depósitos da segunda parcela começam no dia 1° de junho até o dia 6. A ordem de recebimentos segue o mesmo critério da renda mensal, depende do número final do benefício.

Em todo o país, 35,8 milhões de pessoas receberão seus benefícios de maio. O INSS injetará na economia um total de R$ 71,5 bilhões e desse total, 30,8 milhões de beneficiários receberão a segunda parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,8 bilhões.

QUEM PODE RECEBER?
Segundo o Instituto, por lei, têm direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário. Nesta parcela, vale lembrar, é feito o desconto do Imposto de Renda (IR).

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

Compartilhe:
Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar Mais por Redação
Carregar Mais em APOSENTADORIA

Checar também

Saiba calcular quanto tempo falta para você se aposentar

Idade mínima, tempo de contribuição, quatro regras de transição… Essas são as variáveis bá…